Fórum de discussão acerca da questão Palestina.

Pesquisa personalizada

Palavras chave

Últimos assuntos

» Israelense atropela menino palestino
Seg Out 11, 2010 7:18 pm por Alef

» Ontem e hoje (o sionismo de Israel comparado ao massacre nazista, em fotos)
Ter Out 05, 2010 6:00 pm por Alef

» palavras de origem arabes no vocabulario portugues
Ter Jun 01, 2010 7:20 pm por PLivre

» Ligaçao de Portugal com o medio Oriente
Ter Jun 01, 2010 7:19 pm por PLivre

» Como se chama as laranjas no medio Oriente Sabe ?
Ter Jun 01, 2010 7:18 pm por PLivre

» Fatima - em Portugal
Ter Jun 01, 2010 7:16 pm por PLivre

» Terroristas?
Ter Jun 01, 2010 7:14 pm por PLivre

» Festa da cultura árabe em Campinas - SP
Sab Dez 05, 2009 1:50 pm por Vitor mango

» O valor do vossom Forum Palestina
Seg Nov 30, 2009 1:53 pm por PLivre

Visitas

Free counter and web stats

    Especialistas debatem em Fortaleza o genocídio na Palestina

    Compartilhe
    avatar
    PLivre
    Administrador
    Administrador

    Número de Mensagens : 209
    Localização : Brasil-Rio Grande do Sul
    Data de inscrição : 28/01/2009

    Especialistas debatem em Fortaleza o genocídio na Palestina

    Mensagem  PLivre em Ter Abr 14, 2009 9:48 pm

    Especialistas debatem em Fortaleza o genocídio na Palestina

    O Comitê de Solidariedade ao Povo Palestino realiza nesta terça-feira em Fortaleza o Seminário “Genocídio na Palestina e as perspectivas de paz”.


    O evento, que acontece a partir das 18:00 horas no Auditório da Casa Amarela, no Benfica, reúne como palestrante o Prof. Dr. João Quartim de Moraes, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e o debatedor Prof. Dr. Jawdat Abu El-Haj da Universidade Federal do Ceará (UFC).

    O professor Quartim de Moraes acaba de chegar de uma viagem à Síria e falará sobre o clima de tensão que preocupa a sociedade e governantes na região. O objetivo do Seminário é apresentar o quadro histórico-político da situação da Palestina após a criação de Israel em 1948, indicando as dificuldades da sobrevivência do povo palestino em meio à não existência de um Estado com base territorial definida e fazer uma discussão sobre as alternativas na busca pela Paz.

    A última ofensiva entre Israel e a Palestina começou em 27 de dezembro de 2008, com os bombardeios na Faixa de Gaza, deixando um rastro de destruição e morte. Foram 22 dias de ataques deixando 1mil 330 palestinos mortos, entre os quais mulheres e crianças, um número incontável de feridos e mais de um milhão de desabrigados. Entre os israelenses foram computados apenas 13 mortos. Apesar de ter sido negociada uma trégua, as manifestações recíprocas de agressões e bombardeios estão presentes nos noticiários, preocupando pacifistas de todo o mundo.

    Serviço:

    Seminário “Genocídio da Palestina e as perspectivas de paz”

    Realização do Comitê de Solidariedade ao Povo Palestino

    LINK: http://www.antonioviana.com.br/2009/site/ver_noticia.php?id=55553


    _________________
    Participe do fórum!
    Mande suas críticas ou segestões!

    http://palestina.forumeiros.com/criticas-e-sugestoes-f7/

      Data/hora atual: Seg Dez 18, 2017 8:52 am