Fórum de discussão acerca da questão Palestina.

Pesquisa personalizada

Palavras chave

Últimos assuntos

» Israelense atropela menino palestino
Seg Out 11, 2010 7:18 pm por Alef

» Ontem e hoje (o sionismo de Israel comparado ao massacre nazista, em fotos)
Ter Out 05, 2010 6:00 pm por Alef

» palavras de origem arabes no vocabulario portugues
Ter Jun 01, 2010 7:20 pm por PLivre

» Ligaçao de Portugal com o medio Oriente
Ter Jun 01, 2010 7:19 pm por PLivre

» Como se chama as laranjas no medio Oriente Sabe ?
Ter Jun 01, 2010 7:18 pm por PLivre

» Fatima - em Portugal
Ter Jun 01, 2010 7:16 pm por PLivre

» Terroristas?
Ter Jun 01, 2010 7:14 pm por PLivre

» Festa da cultura árabe em Campinas - SP
Sab Dez 05, 2009 1:50 pm por Vitor mango

» O valor do vossom Forum Palestina
Seg Nov 30, 2009 1:53 pm por PLivre

Visitas

Free counter and web stats

    Família palestina denuncia Olmert e Barak por assassinato de civis em Gaza

    Compartilhe
    avatar
    PLivre
    Administrador
    Administrador

    Número de Mensagens : 209
    Localização : Brasil-Rio Grande do Sul
    Data de inscrição : 28/01/2009

    Família palestina denuncia Olmert e Barak por assassinato de civis em Gaza

    Mensagem  PLivre em Ter Mar 10, 2009 3:25 pm

    Família palestina denuncia Olmert e Barak por assassinato de civis em Gaza

    Jerusalém, 10 mar (EFE).- Uma família palestina apresentou um processo contra o primeiro-ministro de Israel, Ehud Olmert, o ministro da Defesa, Ehud Barak, e o chefe do Exército, Gabi Ashkenazi, pelo assassinato de civis durante a recente ofensiva na Faixa de Gaza, informou hoje a imprensa local.

    Vinte e nove membros da família Samoni morreram e outros 45 ficaram feridos nos bombardeios israelenses contra a Faixa de Gaza, em janeiro passado, por isso esta família acusa os dois políticos e o militar israelense de "negligência criminosa da força militar, que assassinou pessoas inocentes que simplesmente estavam em suas casas".

    O processo, apresentado ao tribunal do distrito de Nazaré, no norte de Israel, exige US$ 200 milhões em conceito de indenização, informou hoje a versão digital do jornal israelense "Yedioth Ahronoth".

    Os Samoni, que moravam em um edifício de três andares ao norte do antigo assentamento judaico de Netzarim, afirmam que, na manhã de 4 de janeiro, as tropas israelenses dispararam uma bomba contra o apartamento do andar superior, matando sete membros da família.

    O resto da família saiu do edifício e foi para uma espécie de abrigo, que também foi atacado pelo Exército na manhã seguinte e no qual morreram 22 pessoas.

    Olmert, Barak e Ashkenazi são, segundo o advogado de defesa, culpados de negligência, falta de cuidado e de violar o dever das tropas de não disparar sem justificativa.

    A Justiça israelense já recebeu vários casos de processos de indenização de danos causados pelo Exército nos territórios palestinos ocupados, mas estes foram rejeitados, por se considerar que os militares agiram de acordo com a lei, ao estar em uma situação de guerra. EFE

    LINK: http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/0,,MUL1036121-5602,00-FAMILIA+PALESTINA+DENUNCIA+OLMERT+E+BARAK+POR+ASSASSINATO+DE+CIVIS+EM+GAZA.html


    _________________
    Participe do fórum!
    Mande suas críticas ou segestões!

    http://palestina.forumeiros.com/criticas-e-sugestoes-f7/

      Data/hora atual: Sab Jul 21, 2018 7:50 am