Fórum de discussão acerca da questão Palestina.

Pesquisa personalizada

Palavras chave

Últimos assuntos

» Israelense atropela menino palestino
Seg Out 11, 2010 7:18 pm por Alef

» Ontem e hoje (o sionismo de Israel comparado ao massacre nazista, em fotos)
Ter Out 05, 2010 6:00 pm por Alef

» palavras de origem arabes no vocabulario portugues
Ter Jun 01, 2010 7:20 pm por PLivre

» Ligaçao de Portugal com o medio Oriente
Ter Jun 01, 2010 7:19 pm por PLivre

» Como se chama as laranjas no medio Oriente Sabe ?
Ter Jun 01, 2010 7:18 pm por PLivre

» Fatima - em Portugal
Ter Jun 01, 2010 7:16 pm por PLivre

» Terroristas?
Ter Jun 01, 2010 7:14 pm por PLivre

» Festa da cultura árabe em Campinas - SP
Sab Dez 05, 2009 1:50 pm por Vitor mango

» O valor do vossom Forum Palestina
Seg Nov 30, 2009 1:53 pm por PLivre

Visitas

Free counter and web stats

    Israel descarta cooperar com ONU em inquérito sobre Gaza

    Compartilhe
    avatar
    PLivre
    Administrador
    Administrador

    Número de Mensagens : 209
    Localização : Brasil-Rio Grande do Sul
    Data de inscrição : 28/01/2009

    Israel descarta cooperar com ONU em inquérito sobre Gaza

    Mensagem  PLivre em Qui Abr 16, 2009 1:05 am

    Israel descarta cooperar com ONU em inquérito sobre Gaza

    JERUSALÉM (Reuters) - Israel não planeja cooperar com uma agência de investigação da ONU em um inquérito sobre supostos crimes de guerra cometidos por tropas israelenses e militantes do Hamas durante um conflito em Gaza, disse uma autoridade do governo israelense nesta quarta-feira.

    Forças de Israel iniciaram uma ofensiva de 22 dias na Faixa de Gaza, controlada pelo Hamas, no final de dezembro do ano passado, com o objetivo de interromper o lançamento de foguetes por militantes palestinos contra alvos israelenses.

    De acordo com grupos de direitos humanos palestinos, 1.417 palestinos, inclusive 926 civis, morreram durante o conflito. Israel contesta estes números.

    O Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) nomeou este mês o ex-procurador de crimes de guerra da ONU Richard Goldstone para chefiar a investigação sobre alegações de violações dos direitos humanos por ambos os lados durante o conflito, entre 27 de dezembro e 18 de janeiro.

    A autoridade do governo israelense disse que uma carta foi enviada a Goldstone, através da embaixada de Israel em Genebra, informando a ele e ao conselho que Israel acreditava ser "impossível cooperar com o comitê" nesta investigação.

    A autoridade, sob condição de anonimato, disse que uma resolução adotada pelo Conselho de Direitos Humanos no dia 12 de janeiro condenando a ofensiva militar de Israel e pedindo um cessar-fogo não foi apoiada pela maioria dos países democráticos.

    O Hamas não demonstrou oposição à investigação de Goldstone, mas ainda não manifestou se irá cooperar ou não. O grupo Human Rights Watch exigiu nesta quarta-feira que os Estados Unidos e a União Europeia pressionem Israel e o Hamas para colaborarem com a investigação.

    A equipe de Goldstone, formada por quatro pessoas, deve viajar para a região em algumas semanas e apresentará um relatório ao Conselho de Direitos Humanos da ONU em julho, disse o investigador este mês.

    Grupos de direitos humanos criticaram a conduta de Israel durante a ofensiva em Gaza e pedem uma investigação sobre possíveis crimes de guerra.

    Além de analisar a conduta de Israel, Goldstone, um juiz sul-africano, disse que sua investigação avaliaria possíveis violações dos direitos humanos cometidas por palestinos. Militantes lançaram centenas de foguetes contra o sul de Israel durante o conflito

    (Por Joseph Nasr)

    LINK: http://br.reuters.com/article/worldNews/idBRSPE53E0K120090415?pageNumber=1&virtualBrandChannel=0


    _________________
    Participe do fórum!
    Mande suas críticas ou segestões!

    http://palestina.forumeiros.com/criticas-e-sugestoes-f7/

      Data/hora atual: Dom Nov 18, 2018 5:35 pm